A grande incidência de lesões no corredor está entre os iniciantes.

Para muitos, começar a correr é uma meta para um ano que entra, após passar por um período de dificuldade ou apenas uma mudança no estilo de vida em busca de saúde.

As razões para isto são várias: não conhecer bem os limites do corpo, não ter o corpo realmente preparado para suportar a demanda da nova atividade ou simplesmente ir com muita “sede ao pote”.

Existem pequenos cuidados que o atleta iniciante pode tomar para que ele possa correr sem lesão.

Dica 01- Faça uma avaliação física/fisioterápica

Em uma boa avaliação física e fisioterápica você pode descobrir os fatores de biomecânicos que podem levar a lesões e intervir de forma preventiva.

Dica 02- Escolha um bom tênis

Um bom tênis não tem relação com tipo de pisada e sim com a sensação de conforto.

Dica 03- Estabeleça um ritmo e intensidade

Estabeleça um ritmo e intensidade confortáveis e não aumente de maneira súbita. Alterne entre corridas e caminhadas. O ideal é que você procure ajuda de um profissional para realizar de forma correta a periodização dos seus treinos

Dica 04 – Respeite recuperação e o descanso

Recuperação é fundamental para não se lesionar. Nunca comece um novo treino com o corpo cansado.

Dica 05 – Fazer musculação é preciso, mas na hora certa.

Iniciar dois estímulos simultaneamente pode ser muito para o seu corpo. O ideal é que você comece a musculação algumas semanas antes de iniciar o treinamento ou após o período de adaptação a corrida.

Dica 06 – Aquecer sim, alongar nem tanto

Aquecimento é uma boa maneira de prevenção de lesões. Não existe nenhuma evidência científica que o alongamento possa fazer isto.

Dica 07 – Hidratação é importante

A maioria das reações químicas no corpo acontece em meio liquido. O atleta experiente sabe quanto tempo o corpo agüenta sem água. O iniciante não tem essa percepção. Na dúvida hidrate se bem.

Dica 08 – Prefira locais planos

Sabemos que subidas e descidas forçam mais o sistema músculo esquelético, treinar em locais planos pode diminuir a chance de lesão. Aos poucos vá acrescentando variações de relevo aos treinos.

Dica 09 – Tente achar condições climáticas boas

Calor ou frio extremo pode prejudicar o funcionamento do sistema músculo esquelético. Se possível, prefira horários do dia mais convidativos. Mas lembre se, não deixe de fazer por buscar as condições perfeitas, pode ser que elas não existam.

Dica 10 – Trace uma meta!

Metas são importantes para manter a motivação. Trace metas atingíveis a médio-curto prazo. Ao alcança-las, trace metas mais ousadas.

E aí, você tem medo de lesões mas quer começar a correr?

AUTOR

Fisioterapeuta, professor, maratonista e especialista em Fisioterapia Esportiva e Ortopédica. Através do Correr sem Lesão, Alexandre percebeu a necessidade de muitas pessoas em ter acesso a um conhecimento mais aprofundado sobre prevenção de lesões – algo que pudesse ajudar na preparação para provas e com baixo custo. Um conteúdo online embasado cientificamente no que há de mais recente no mercado, aliado à experiência de 20 anos de prática profissional e 18 maratonas para quem quer conduzir melhor os treinos de acordo com o objetivo pessoal.

ALEXANDRE ROSA

Horário de Funcionamento

Seg a Sex

8h às 18h

Estamos em busca de corredores que querem aprender como é possível Correr Sem Lesão. Juntos vamos formar uma comunidade de corredores de todo o Brasil que prezam por alta performance e vida saudável!

Nada pior para o corredor do que uma lesão!

Estamos em busca de corredores que querem aprender como é possível Correr Sem Lesão

Eu quero